Contextualização

O século XX foi um marco importante na historia da humanidade, desde os inúmeros avanços tenológicos, conquistas da civilização, entre outros. O final da primeira metade do século XX, não foi apenas marcado pelo fim da Segunda Guerra Mundial e as acções de recuperação que dela se seguiram, esta também foi uma época que mudou a história da documentação, ou seja, este também foi marcado pelo crescimento acentuado da documentação – “Explosão Documental”. Esse aumento foi progressivamente acompanhado pela perda do controlo dos registos, do sistema de comunicação científica: produção aumentou em massa, as revistas científicas começaram a aumentar o número de publicações apenas com a intenção de aumentar a obtenção de lucro e rentabilidade por parte dos editores dessas revistas, perdendo gradualmente os seus verdadeiros valores e objetivos: disseminação da informação para a construção de novos conhecimentos científicos.

Em meados da década de 80, começaram-se a notar os efeitos negativos, a chamada Crise dos Periódicos. Dessa produção em massa da documentação científica: os preços das publicações das revistas científicas começaram a aumentar signitivamente, como por exemplo, entre 1986 e 1988 registou-se um aumento de 152% do preço inicial, estes aumentos progressivos dos preços levaram a que as instituições de documentação, investigadores e todos aqueles que procuravam estas publicações para aceder à informação nelas contida, deixassem progressivamente de as procurar, ou seja, por causa desses aumentos dos preços, estas revistas começaram a perder assinaturas e consequentemente os artigos deixaram de ser citados, cerca de 7% a cada dois anos que passavam, o que levava a um novo aumento das produções das revistas científicas, este efeito era denominado como o Circuito de Retroação Positiva.

Na década de 90 com a evolução e o aparecimento oportuno das Novas Tecnologias de Informação e Comunicação, muitos investigadores começaram a estudar novas formas de disseminação da informação com o objectivo de remediar a perda de controlo dos sistemas de informação, resultando assim na criação de várias iniciativas e o aparecimento do Open Archives Initiative e o Open Access. 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s